Câmara dá posse ao vereador Erivelton Santos, em cumprimento a decisão do TRE-TO

por DICOM publicado 06/02/2020 13h55, última modificação 07/02/2020 09h20
Colaboradores: Paulo de Deus;Foto:Aline Batista
Câmara dá posse ao vereador Erivelton Santos, em cumprimento a decisão do TRE-TO

Erivelton Santos

Na sessão ordinária de quinta-feira, 06, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Palmas cumpriu a determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/TO) e declarou a perda do mandato do vereador Hélio Santana (PV). Na sequência, o presidente Marilon Barbosa (PSB) transformou a sessão em Solene e convocou o suplente Erivelton Santos (PV) para proferir o juramento e tomar posse.

Posse Erivelton SantosEm seu discurso, o novo parlamentar lembrou-se da história de luta de sua família, destacando as bandeiras que irá defender no seu mandato. “Venho agradecer aos amigos, que sempre estiveram comigo nessa luta e, com muito orgulho e gratidão, tomo posse como vereador dessa capital. Prometo que vou honrar cada voto que foi dedicado a mim nas urnas. A minha principal bandeira será a moradia, mas também irei defender o cidadão no seu direito por transporte e melhoria no acesso a renda”, prometeu o pevista.

Presente a sessão, a presidente estadual do PV, Deputada Estadual Claudia Lelis destacou o papel importante do vereador na sociedade. “O vereador é o agente político mais importante, porque é ele quem está mais próximo da população, pois trabalha direto com o povo. Hoje fico feliz porque teremos aqui na Câmara um homem que atua junto aos movimentos sociais, de coração valente e combativo. Tenho plena certeza que Palmas só tem a ganhar, especialmente as classes menos favorecidas dessa cidade” destacou a parlamentar.

Na ocasião, o presidente Marilon Barbosa (PSB), e os vereadores Diogo Fernandes (PSD), Milton Neris (Progressistas), Laudecy Coimbra (SD), Claudemir Portugal (PRP) e Rogerio Santos (Republicanos) discursaram desejando boas-vindas ao novo colega de parlamento. O vereador irá cumprir o mandato até o final da Legislatura que se encerra no final de 2020.