Câmara de Palmas homologa 16 cargos do concurso público da Casa

por DICOM publicado 11/12/2018 11h05, última modificação 31/12/2018 12h49

O presidente da Câmara de Palmas, vereador Folha (PSD), assinou na manhã desta terça-feira, 11, a homologação de 16 cargos do concurso público para o quadro geral da Casa de Leis. Os cargos de vigia e agente de segurança, que estavam sub júdice, serão homologados após a publicação do resultado final.

De acordo com o presidente da Comissão Permanente de Seleção da Universidade Federal do Tocantins (Copese), Elvio Quirino, destacou que a previsão é do resultado final ser publicado nesta terça-feira no final do dia. Sobre o atraso na divulgação, ele explicou que a Copese tem desenvolvido diversas atividades e que é “uma questão da equipe que é pequena”.

Na oportunidade, Folha garantiu que com a publicação do resultado final os cargos de vigia e agente de segurança serão homologados na sequência. “Mais uma vez nós cumprimos com o nosso papel e fizemos um concurso com transparência para a sociedade e segurança para os candidatos, atendendo a todas as exigências legais”, destacou.

Segundo o presidente da Casa, a conclusão do certame é uma conquista de toda a sociedade. “Queremos dar posse aos aprovados ainda em dezembro. Esse concurso foi muito importante para todos do legislativo e, pessoalmente, entendo que é um legado que minha gestão deixa para esta Casa de Leis”, finalizou.

Homologação

O concurso público para o quadro geral da Câmara de Palmas foi realizado com o objetivo de preencher 44 vagas para contratação imediata e mais 148 para cadastro de reserva, nos níveis fundamental, médio e superior.

Os cargos homologados nesta terça-feira, 11, foram: auxiliar de serviços gerais; assistente administrativo; assistente de almoxarifado e patrimônio; assistente de áudio; assistente de compras; cinegrafista; fotógrafo; técnico em informática; técnico legislativo; analista de sistemas; analista de recursos humanos; consultor parlamentar - área de direito; contador; controle interno, gestor público e jornalista.

Jose
Jose disse:
11/12/2018 11h32
Vamos chamar os vamos o Cadastro de reserva também , ta lotado de contrato AÍ que eu sei.
Alberto Damasceno de Melo
Alberto Damasceno de Melo disse:
11/12/2018 12h37
Cumpriu o papel não, fez mais do que a obrigação, e se não fosse a pressão popular e imprensa cobrando, no dá é em nada...
JEFFERSON GALVÃO
JEFFERSON GALVÃO disse:
11/12/2018 12h40
Presidente, boa tarde! E a posse está prevista para começar quando?
Marcos
Marcos disse:
11/12/2018 12h53
Aproveira e nomear o CADASTRO de reserva e tora esses quase 300 CONTRATOS que tem aí.
Comentários foram desativados.