Única vereadora na Casa, Laudecy Coimbra explica porque não preside Comissão de Assuntos dos Direitos da Mulher

por DICOM publicado 12/02/2019 13h02, última modificação 12/02/2019 13h02
Colaboradores: Aline Gusmão; Fotos: Aline Batista
Outros vereadores usaram a tribuna e falaram principalmente sobre obras de infraestrutura
Única vereadora na Casa, Laudecy Coimbra explica porque não preside Comissão de Assuntos dos Direitos da Mulher

Laudecy Coimbra é Líder de Governo na Casa de Leis

A vereadora Laudecy Coimbra (SD) usou a tribuna da Câmara de Palmas na Sessão Ordinária ocorrida na terça-feira, 12, para esclarecer porque não assumiu a presidência da Comissão Permanente de Assuntos dos Direitos da Mulher. Como única vereadora da Casa de Leis da Capital, a parlamentar foi alvo de críticas após a eleição de presidência das Comissões Permanentes que aconteceu na quinta-feira, 7.

Laudecy explicou que não presidiu a referida Comissão, pois é Líder de Governo e, de acordo com o Regimento Interno, não pode assumir a presidência de nenhuma Comissão Permanente. “Recebi muitos questionamentos sobre o porquê um homem estar à frente da Comissão da Mulher, sendo eu a única vereadora aqui. Eu já exerço uma função muito importante e é por isso que um homem preside a Comissão, não é questão de machismo ou descriminação por parte dos meus colegas”, comentou.

Foi o trabalho de Laudecy como Líder de Governo que destacou também o vereador Milton Neris (PP). “Alguns amigos da imprensa acharam que havia uma incoerência de uma única vereadora não presidir uma comissão tão importante e que trata dos direitos do dia a dia das mulheres, mas infelizmente ou felizmente, esta mulher não preside esta Comissão, pois ela lidera os 19 vereadores. Estou tranquilo de ser liderado por vossa excelência, pois você faz com maestria seu trabalho e consegue aglutinar, mesmo com toda pluralidade de pensamentos entre os vereadores”, elogiou.

Obras de Infraestrutura

Rogério Santos usou a tribunaOutros vereadores usaram a tribuna e falaram principalmente sobre obras de infraestrutura, como reforma de pontes, pavimentação de avenidas e bairros, dentre eles o Morada do Sol. Vereador Rogério Santos, por exemplo, apresentou requerimento solicitando a reforma da ponte que dá acesso às praias do Prata e da Graciosa. Segundo ele, a ponte atual é de madeira e as tábuas estão soltas e em péssimas condições de uso. “Este problema é antigo e oferece perigo aos motoristas, ciclistas e pedestres que precisam passar pelo local”, disse o vereador.

Os parlamentares ainda solicitaram investimentos em reestruturação de campos de futebol, quadras poliesportivas e aplicação de recursos para garantir o acesso dos jovens à prática de esportes. Usaram a tribuna: Tiago Andrino (PSB), Laudecy Coimbra (SD), Vandim do Povo (PSDC), Lúcio Campelo (PR), Filipe Martins (PSC), Hélio Santana (PV), Claudemir Portugal (PRP), Milton Neris (PP), Rogério Santos (PRB), Diogo Fernandes (PSD) e Moisemar Marinho (PDT) Major Negreiros (PSB).