Vereadores e chacareiros debatem pontos da Lei da Revisão do Plano Diretor

por DICOM publicado 07/03/2018 09h30, última modificação 08/03/2018 11h38

Representantes de associações de chacareiros, entidades e vereadores da Comissão de Administração Pública, Urbanismo e Infraestrutura Municipal participaram na tarde desta quarta-feira, 07, de uma reunião para receber as demandas e questionamentos desse segmento quanto à Revisão do Plano Diretor da Capital.

Entre os pontos levantados pelos proprietários de terras às margens das rodovias TO-010, TO-050 e TO-020 está o uso das áreas de frente para as rodovias que seriam destinadas exclusivamente a empreendimentos comerciais e de serviço. Outro ponto questionado pela associação é o corredor ecológico e contínuo que seria criado em uma área de 100 metros a partir das margens das rodovias.

Na ocasião, o vereador Rogerio Freitas, que é relator do projeto, destacou que todos os pontos serão debatidos e uma nova reunião foi marcada para a próxima quarta-feira, 14, ás 14h30, com técnicos das áreas de urbanismo e meio ambiente da Capital. “Me comprometo a convidar os técnicos da prefeitura para discutir todos os pontos e para buscarmos chegar a um consenso. Nada será feito de forma atropelada, reitero que o interesse coletivo da cidade será preservado”, ressaltou.

Para debater com toda a sociedade a revisão do Plano Diretor, a Câmara de Palmas realizará no dia 17 de março uma audiência pública aberta à toda comunidade, que acontecerá a partir das 8h30, na sede da Casa de Leis.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.